Categorias: Sem categoria

Blogagem Coletiva: O que eu realmente gostaria de ganhar no Dia das Mães

É, chegou minha vez de comemorar o Dia das Mães, meu primeiro dia das mães. Há quem diga que ainda não tenho que comemorar, pois ainda estou grávida, mas vem cá, como assim eu não posso ser considerada mãe?

Lógico que posso, há quase 30 semanas eu tenho minha filha dentro de mim, eu enjoei, eu senti seu primeiro chute que parecia “borboleta” dentro da minha barriga (pra não dizer gases e perder todo o romantismo da data rsrs), eu sinto constantemente seus chutes com uma frequência maior, seus soluços …. Também acordo no meio da madrugada quando ela parece dizer: Mamãe muda de posição porque assim não está confortável pra mim ou porque fui me esticar e sofri com a câimbra ou ainda porque a azia não me deixa dormir.
Eu quem mudou toda minha rotina pelo bebê que habita dentro de mim há 30 semanas e mesmo assim ainda tem gente que fala que não posso comemorar o Dia das Mães?
E minhas emoções? Claro que já sou mãe, sou mãe de barriga, mas sou mãe!
E como meu primeiro presente de dia das mães, eu quero Calma, paz, saúde, vida longa com sabedoria, união, cumplicidade.
Quero CALMA pra esperar tranquilamente essas semanas que antecedem o parto, pra não passar nenhuma forte emoção ou estresse pra minha filha que tanto amo;
Quero PAZ pra poder aproveitar minhas últimas semanas e poder curtir muito meu barrigão, cada detalhe da decoração do quartinho dela e de tudo o que preparo pra sua chegada;
Quero SAÚDE pra tudo dar certo na hora do parto, tanto pra mim quanto pra ela e nada, nenhum imprevisto acontecer, saúde pra ela nascer perfeita;
Quero VIDA LONGA COM SABEDORIA pra poder ficar anos e anos ao lado dela, a educando, ensinando valores, princípios, sabedoria também pra entender todo o processo de se tornar mãe de uma criança fora da minha barriga e entender que esse bebê irá crescer e tenho que prepará-la pro mundo, entender que nem sempre tudo são flores e terei muitos desafios;
Quero UNIÃO com meu Marido e família pra dentro do possível e coerente nunca falta nada pra ela e nossa família ser o mais perto possível daquela família de comercial de margarina, claro, sempre administrando os defeitos e barreiras no meio do caminho, mas sonhar é permitido, né?
Quero CUMPLICIDADE entre eu, meu marido e ela. Quero poder ser a melhor amiga dela acima de ser Mãe! Que ela confie em mim pra pedir socorro em qualquer situação, que ela sempre me queira ao seu lado em todos os momentos, assim como meu marido e nossa filha peluda, a Astrid
E vocês? O que vocês realmente querem de Dia das Mães?
Beijos

         ** fonte: Google

  **Mãe Dipa grávida de quase 30 semanas

                                                               **Mãe Dipa grávida de quase 30 semanas

Comentários